Chulé

Nesta dica abordamos um problema que pode parecer engraçado, mas que é bem sério! Iremos falar da bromidose plantar, popularmente conhecida como chulé!

Causa: O chulé é resultado do suor excessivo na planta dos pés e pode ser agravado pela falta de higiene, que leva à proliferação de bactérias e fungos. O suor excessivo também pode estar relacionado a doenças como hipertireoidismo, diabetes e obesidade. 

Soluções: Para ficar livre do chulé, é preciso redobrar os cuidados com a higiene. Para evitar o problema, são recomendadas as seguintes orientações:

- Após o banho, secar bem os pés e entre os dedos (o que evitará também as frieiras).

- Evitar calçados fechados no verão, porque eles podem aumentar a temperatura e a transpiração.

- Usar sempre meias limpas e, de preferência, as de algodão, que absorvem melhor o suor.

- Não andar descalço em pisos úmidos (banheiro coletivo, sauna e lava-pés).

- Não usar os mesmos sapatos todos os dias.

- Expor os calçados ao sol.

Fonte: Minha Vida

 

Drenagem Linfática

A Drenagem Linfática é um procedimento estético cada vez mais procurado no mercado. Mas você sabe exatamente o que ele é? Ou o que faz? Veja algumas dicas que separamos sobre ela:

- A drenagem linfática é uma técnica de massagem que estimula e potencializa o funcionamento do sistema linfático. Com isso, toxinas e líquidos acumulados em excesso nos tecidos corporais, responsáveis por inchaços e agravantes de celulite, são eliminados. Ela deve ser realizada com diversos movimentos circulares, bastante precisos e bem suaves.

- A linfa, que circula nos vasos linfáticos, é o líquido responsável pela saída do excesso de água e resíduos metabólicos que ficam nos tecidos entre as células. A drenagem linfática tem por objetivo tornar todo esse processo mais eficaz, aumentando a oxigenação e estimulando a renovação das células.

- Existem diferentes técnicas de drenagem, mas em todas os movimentos realizados devem obedecer ao fluxo, a sequência e a disposição superficial dos vasos do sistema linfático. Uma das opções utiliza movimentos precisos, lentos e contínuos, partindo de um ponto específico na região a ser tratada, associados à aplicação de bandagens na área imediatamente tratada.

- Com a circulação sanguínea mais ativada pela drenagem, alguns benefícios são maior resistência imunológica, melhora no contorno corporal, diminuição de inchaços e celulites.

- A drenagem linfática pode contribuir na prevenção da flacidez da pele, pois o organismo consegue produzir um tecido com melhor qualidade nutricional a partir da eliminação do excesso de toxinas metabólicas. Mas não recupera a já existente.

- Pode ser associada a outros procedimentos estéticos, como ultrassom, massagem modeladora, massagem relaxante, pré e pós-operatório.

- Inicialmente, são recomendadas duas sessões por semana, até completar 10. Após esse período, o paciente deve ser avaliado para analisar a necessidade de cada caso.

- É contraindicada em alguns casos. Entre eles, estão pessoas com histórico de trombose, câncer, pós-cirurgia de fraturas de grandes ossos, em processos infecciosos. Se estiver com alguma doença ou em outra situação que cause dúvida sobre a possibilidade de apostar na técnica, busque uma avaliação médica.

Fonte: Terra

 

 

Quick Massage 

A Quick Massage ou Massagem Quick é uma massagem rápida, buscando atender pessoas que não possuem muito tempo disponível ao longo do dia.

Mesmo rapidamente, ela consegue oferecer diversos benefícios. Separamos alguns deles:

- Combate ao estresse 

- Alívio imediato de dores musculares 

- Traz sensação de calma e paz interior

- Ativa a circulação sanguínea 

- Reduz a sensação de ansiedade e irritação 

- Promove o sentimento de bem-estar 

- Previne doenças associadas ao estresse, como insônia, dor de cabeça, irritabilidade, depressão, ansiedade, gastrite nervosa, tendinite, etc

- Melhora a disposição para voltar à rotina

- Melhora o humor

- Aumenta a motivação e concentração

 

Limpeza de Pele - Perguntas Frequentes

Todo mundo deve fazer limpeza de pele?

Não. Pacientes com a pele cheia de espinhas amareladas devem evitar o procedimento. Nessa situação, a infecção pode se disseminar e o tratamento, em vez de ajudar, vai comprometer a saúde cutânea. Nessas situações, o melhor é fazer um tratamento com o dermatologista, esperar as espinhas sumirem e, aí sim, incluir a limpeza na rotina. 

Posso fazer limpeza quando estiver bronzeada?

Não é recomendado. Após a exposição prolongada ao sol, a melanina (substância responsável pelo escurecimento da pele) está em plena atividade. Portanto, o contato com alguma substância mais agressiva pode provocar o aparecimento de manchas que vão ficar ainda mais evidentes quando o bronzeado sumir.

Depois de fazer a limpeza, é permitido tomar sol?

Em excesso, não. Saindo da clínica, fique 48 horas sem se expor ao sol. Além disso, aplique filtro solar. Cosméticos que tenham ácidos na composição também estão proibidos. Nesse período a pele está sensível demais e eles podem causar manchas. A mesma recomendação vale para o cremes oleosos, que podem entupir os poros.

Grávidas podem fazer limpeza de pele?

A não ser que a futura mamãe já tenha o hábito incluído no cotidiano, melhor evitar. Mas a explicação para isso tem fundo emocional: os médicos preferem proteger a paciente de qualquer tratamento que possa causar dores ou estresse.

Fonte: Minha Vida

 

Bolhas

Outro problema que incomoda são as bolhas, um mal que afeta muita gente constantemente. Vamos às dicas:

- Não compre calçados maiores ou menores do que o seu tamanho. Em ambos os casos seus pés irão acabar machucados.

- Fique longe de sapatos de bico fino e experimente dobrar o sapato antes de comprar. Se ele não for flexível, ficar de pé com ele será uma experiência dolorosa.

- Pare imediatamente de usar o calçado que está causando bolhas ou machucando áreas irritadas que podem se tornar bolhas.

- Deixe seus pés arejando até secarem completamente.

- Se houver necessidade, cubra a área da bolha com um curativo (como band-aid por exemplo); isso vai diminuir o atrito e evitar que a situação piore.

 

Micoses

Hábitos higiênicos são importantes para se evitar as micoses. Previna-se seguindo as dicas abaixo: 

- Não ande descalço em pisos constantemente úmidos (lava pés, vestiários, saunas)

- Alterne os calçados.

- Evite mexer com a terra sem usar luvas (micose das mãos).

- Evite usar calçados fechados o máximo possível. Opte pelos mais largos e ventilados.

- Evite meias de tecido sintético, prefira as de algodão.

- Seque bem os vãos dos dedos (interdígitos); entrelace gases, se necessário.